Voltar ao topo

O Centro de Estudos sobre Justiça de Transição da Faculdade de Direito da UFMG (CJT-UFMG), por intermédio de seu Coordenador, Professor Emilio Peluso Neder Meyer, torna público o Edital 01/2016 para a seleção de pesquisadores voluntários para  atividade de pesquisa junto ao CJT/UFMG, assim como participação no Grupo de Estudos.

O projeto de extensão “Ditadura e Responsabilização” desde o ano de 2015 sistematiza e difunde informações sobre a judicialização da Justiça de Transição no Brasil, através das ações propostas pelo Ministério Público Federal, a partir do acordo de cooperação firmado entre o Centro e o Grupo de Trabalho Justiça de Transição, do MPF. O CJT/UFMG também colabora nas atividades da Comissão da Verdade em Minas Gerais – Covemg, na coleta de informações, documentos e depoimentos, assim como na realização de investigações, no cumprimento do disposto na Lei Estadual 20.765/2013. Para tanto, o pesquisador deverá desenvolver atividades de pesquisa perante o CJT/UFMG, de acordo com as demandas.

O Grupo de Estudos do CJT/UFMG discute teorias e abordagens da Justiça de Transição em uma perspectiva brasileira, assim como da América-Latina e de outras regiões que vivenciaram um passado recente de regimes autoritários ou pós-conflito.

Os selecionados terão a oportunidade de participar da organização de eventos, através do CJT/UFMG, que durante os anos de 2016 e 2017 sediará a Rede Latino-Americana de Justiça de Transição. Rede criada com o intuito de agregar, sistematizar e difundir informações sobre as iniciativas de Justiça de Transição levadas a diante por países membros, da América-Latina.

Edital CJT UFMG 2016

 

 

Seleção de pesquisadores voluntários

Notícias relacionadas

Deixe um comentário