Voltar ao topo

O observatório da Intervenção, projeto coordenado pelo Centro de Estudos de Segurança e Cidadania (CESeC), da Universidade Cândido Mendes, concluiu, em relatório lançado no dia 26 de abril, que houve um aumento de cerca de 15% em tiroteios, comparando com a situação do ano passado. Além disso, o número de chacinas dobrou, somando 52 vítimas.
Também foram relatados os altos gastos sem destinação objetiva nas ações militares, são cerca de R$ 3,1 bilhões, sendo R$ 1,6 bilhões para quitar dívidas e R$ 1,5 bilhões para as ações de 2018 que não apresentam metas especificadas.
A coordenadora do Observatório afirma que a intervenção, além de ser incapaz de resolver a situação, tem gerado novos problemas.

Leia mais clicando aqui.

Notícias relacionadas