Voltar ao topo

Até o final de Julho de 2018 estará em cartaz, na Biblioteca Central da Unicamp, exposição com acervo de 17 (dezessete) livros censurados durante a Ditadura Militar Brasileira, entre os quais se encontram quatro números da coleção Cadernos do Povo Brasileiro – importante série de publicações, de 1962 a 1964, da editora Civilização Brasileira -, trabalhos do historiador Sérgio Buarque de Holanda e de outros.

A censura foi massivamente utilizada como mecanismo de anulação dos opositores do regime, especialmente após a edição do Ato Institucional nº 5 e chegou a contar com previsão legal no país: o Decreto-Lei nº 1.077, de 1970, que permitia restrição/vetos prévios. Assim o sendo, a exposição se coloca como relevante meio de inspiração do debate, reforço da democracia e abordagem do cerceamento dos direitos subjetivos de liberdade; bem como um contributo para a construção de memória nacional sobre o momento obscuro e, por diversas vezes, esquecido que se constitui como sendo o de 1964 a 1965.

Leia mais clicando aqui

Notícias relacionadas