BRASIL: DENUNCIADO MÉDICO SUSPEITO DE ADULTERAR LAUDO DE VÍTIMA DA GUERRILHA DO ARAGUAIA

junho 13, 2018

Brasil . Justiça de Transição

O MPF ofertou denúncia em desfavor do militar reformado do exército, Manoel Fabiano Cardoso da Costa, suspeito de adulterar laudo médico de vítima da Guerrilha do Araguaia, Lourival Moura Paulino.

Apesar de Lourival ter falecido em decorrência da tortura sofrida no cárcere, no Estado de Goiás, o ex-militar proferiu laudo com intuito de acobertar os fatos, constando a versão de que a causa morte seria suicídio por enforcamento.

Vale dizer que Lourival era barqueiro e auxiliou no transporte de militantes do PCdoB, ligados à guerrilha rural, nas proximidades do Araguaia, sendo que o desaparecimento forçado do barqueiro já foi reconhecido formalmente pelo Estado Brasileiro.

Dentre os requerimentos do Ministério Público Federal, estão os de que Manoel Fabiano perca seu cargo e aposentadoria, além das penas relacionadas ao crime de falsidade ideológica.

Leia mais clicando aqui